Responsabilidade Social e Biblioteca Pública

Responsabilidade social é um tema permanente para Bibliotecas Públicas preocupadas com o desenvolvimento cultural de pessoas e da comunidade onde ela está inserida.

Pensando nisso, e na proximidade do final de ano e início do tradicional período de férias em família e recesso escolar, observamos que alguns bibliotecários e gestores de cultura estão preparando uma programação especial para jovens e adultos que terão mais tempo livre. Algumas instituições, tais como: Biblioteca Pública do Paraná, Bibliotecas Municipais de São Paulo, Biblioteca São Paulo, Biblioteca Municipal de Jundiaí, já apresentam um programa de férias com intenção de estimular a vida cultural local, tanto nos fins de semana como em horários estendidos durante a semana. Por mais simples que seja a programação, este tipo de planejamento é um sinal claro de responsabilidade social e sintonia com as necessidades da comunidade. Como exemplo oposto, algumas bibliotecas desconsideram qualquer tipo de programação de férias e ainda optam pela redução de horário e fechamento aos finais de semana, como é o caso da Biblioteca Pública Monteiro Lobato de Osasco, entre outras.

Uma boa maneira de avaliar o compromisso social de uma Biblioteca Pública é considerar quanto de esforço as instituições e gestores empregam em suas atividades para promover transformações de ordem econômica, social e cultural. Por princípio, este papel é natural destas instituições públicas e de seus profissionais. No entanto, as duas (opostas) situações mencionadas mostram que precisamos urgentemente de indicadores de responsabilidade social para Bibliotecas Públicas e, neste sentido, ações mais estratégicas do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de SP (SisEB). Como sugestão, apenas para ampliarmos nossa percepção e simularmos uma medida desse grau de comprometimento, podemos nos apoiar nas missões estabelecidas pelo Manifesto da IFLA/UNESCO. Por exemplo, faça uma checagem rápida tentando responder as seguintes perguntas sobre sua Biblioteca Pública:

1. Sua biblioteca cria e fortalece os hábitos de leitura nas crianças, desde a primeira infância?

2. Sua biblioteca apoia a educação individual e a autoformação, assim como a educação formal a todos os níveis?

3. Sua biblioteca assegura a cada cidadão meios para evoluir de forma criativa?

4. Sua biblioteca estimula a imaginação e criatividade das crianças, jovens e adultos?

5. Sua biblioteca promove o conhecimento sobre a herança cultural de sua cidade, bem como o apreço pelas artes e pelas realizações e inovações científicas?

6. Sua biblioteca possibilita para sua comunidade o acesso a todas as formas de expressão cultural das artes do espetáculo?

7. Sua biblioteca fomenta o diálogo intercultural e a diversidade cultural na sua cidade?

8. Sua biblioteca apoia a tradição oral e o registro de outras manifestações de memória?

9. Sua biblioteca assegura o acesso dos cidadãos a todos os tipos de informação da comunidade local?

10. Sua biblioteca proporciona serviços de informação adequados para pessoas com necessidades especiais, assim como para empresas locais, associações e grupos de interesse?

11. Sua biblioteca facilita o desenvolvimento da capacidade de utilizar a informação e novas tecnologias digitais?

12. Sua biblioteca apoia, participa e, se necessário, cria programas e atividades de alfabetização/inclusão para os diferentes grupos etários da comunidade?

Responder estas questões pode ajudar estabelecer uma medida de responsabilidade social (maior ou menor) entre biblioteca e comunidade. E, possivelmente, responder uma pergunta-chave: Sua Biblioteca Pública atende interesses e necessidades da sua comunidade?

Anúncios